“Auto da Compadecida” no Sesc Pompéia

Com concepção e direção geral de Gabriel Villela, Grupo Maria Cutia estreia Auto da Compadecida no Sesc Pompeia dia 8 de agosto. 

Em 13 anos de trajetória, a companhia celebra a primeira parceria com o consagrado diretor na montagem de releitura da obra de Ariano Suassuna, com temporada de apresentações pelo país.

Após “Engenho de Dentro”, “ParaChicos” e “Francisco”, safra de trabalhos recentes do grupo, o Maria Cutia estreia seu novo espetáculo Auto da Compadecida de Ariano Suassuna, que celebra a primeira parceria com o diretor Gabriel Villela. Antes de estrear em Belo Horizonte, a companhia mineira se apresentou na Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto e no FIT Rio Preto – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto – e chega a São Paulo para temporada no Sesc Pompeia, de 8 de agosto a 1º de setembro. 

Inspirado na abordagem mítica brasileira do herói sem caráter, com suas vicissitudes morais, e no momento político-social atual do país, o Maria Cutia narra as aventuras picarescas de João Grilo e Chicó que começam com o enterro e o testamento do cachorro do Padeiro e de sua Mulher e acabam em uma epopeia milagrosa no sertão envolvendo o clero, o cangaço, Jesus, Maria e o Diabo.

Nessa versão de Auto da Compadecida, o grupo dialoga com a estética barroca de Gabriel Villela e traz para o texto de Suassuna pitadas brechtianas.

Com tom irônico, o trabalho pode ser enquadrado no gênero cênico-musical-picaresco.

O olhar político (sem didatismo ou partidarismo) do espetáculo, desprendido do enredo criado pelo célebre autor paraibano, traz outra camada para a obra de Ariano, revelando acontecimentos de um Brasil atual, a partir de personagens e situações que ganham acento ainda mais sarcástico do que os encontrados na dramaturgia original.

ESPETÁCULOS

“Na Roda” – direção coletiva (2006 – até hoje); 

“Concerto em Ré” – orientação artística de Zé Regino Oliveira e Rodrigo Robleño (2010-2016);

“Como a Gente Gosta” – direção de Eduardo Moreira (2011 – até hoje);

“Francisco” – direção Lira Ribas (2015 – até hoje);

“Ópera de Sabão”  direção de Eduardo Moreira (2015 – até hoje);

“ParaChicos”- direção Lira Ribas (2017);

“Engenho de Dentro” – direção de Eduardo Moreira e Antônio Rodrigues (2018)

“Auto da Compadecida” – direção de Gabriel Villela (2019)

SINOPSE

As aventuras picarescas de João Grilo e Chicó que começam com o enterro e o testamento do cachorro do Padeiro e de sua Mulher, passando pelo gato que descome dinheiro, e acabam em uma epopeia milagrosa no sertão envolvendo o clero, o cangaço, Jesus, Maria e o Diabo.

SERVIÇO

Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, com Grupo Maria Cutia –concepção e direção geral de Gabriel Villela

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93, Pompeia

Temporada: 8 de agosto a 1º de setembro

De quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 18h

Ingressos: R$ 40 (inteira), R$20 (meia-entrada) e R$10 (credencial plena)

Classificação: espetáculo adulto, com classificação livre 

Duração: 80 minutos

Venda online a partir de 30 de julho, terça-feira, às 12h.

Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 31 de julho, quarta-feira, às 17h30.

Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal: sescsp.org.br/pompeia

Nos acompanhe!

instagram.com/sescpompeia

facebook.com/sescpompeia

twitter.com/sescpompeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: