Bagagem – Teatro Eva Herz

Sucesso de crítica, o espetáculo autobiográfico de improvisação Bagagem, do ator Marcio Ballas, reestreia no dia 11 de abril, no Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, onde segue em cartaz até 27 de junho.

A peça, que estreou em 2018, foi indicada a duas categorias no Prêmio de Humor 2019, idealizado pelo humorista Fábio Porchat.

A direção é assinada por Rhena de Faria.

Pesquisador das linguagens do palhaço e da improvisação teatral há 20 anos, Ballas conta no espetáculo alguns episódios que marcaram a sua infância.

Nos anos de 1950, o militar Gamal Abdel Nasser tornou-se presidente do Egito e implantou várias medidas para limitar a presença de estrangeiros no país, o que gerou uma guerra responsável pela expulsão de milhares judeus da região.

Os pais do ator foram obrigados a abandonar sua terra natal nessa circunstância e embarcaram em um navio com destino ao Brasil.

Segundo Ballas, a ideia de contar ao público as histórias de sua família surgiu em um jantar.

“Em uma sexta feira, fui comer na casa da minha mãe. Na sobremesa, tinham vários doces incríveis e um pequeno cacho de bananas.

Brinquei dizendo que ninguém escolheria a fruta. Ela disse: ‘Não fale assim. Um dia, isso foi o meu almoço’.

Eu achei que ela estava brincando, mas ela contou que quando chegaram refugiados do Egito, não tinham dinheiro para comida.

Então, por várias vezes, almoçaram bananas! Nesse dia, pensei: quero compartilhar as histórias da minha família em um espetáculo”, explica Ballas.

Em cena, Ballas apresenta uma visão bem-humorada e poética sobre as histórias de sua família e a Cultura Judaica em forma de pequenas crônicas, com os temas infância, melhor amigo, pai, mãe e férias.

As técnicas de improviso teatral são usadas quando o ator convida a plateia para entrar na cena e a participar da peça.

“Em 2010, eu organizei um Festival de Improviso no Brasil e trouxe convidados internacionais.

Um deles era o mestre Omar Argentino, que apresentou um solo de improviso.

Eu fiquei maravilhado. Eu não sabia que dava para improvisar sozinho, não sabia que era possível! Essa ideia ficou na minha cabeça durante 7 anos, até que eu tomei coragem e decidi: está na hora de fazer o meu solo.

Misturei o improviso com textos escritos e surgiu o espetáculo”, conta o improvisador.

SINOPSE

Bagagem é o solo do ator Marcio Ballas, que há vinte anos vem se desenvolvendo nas linguagens do Palhaço e da Improvisação Teatral, tendo se tornado uma referência nessas áreas.

Filho de imigrantes judeus egípcios, Ballas resgata, a partir de suas lembranças de infância, parte importante da história de sua família.

O resultado disto é um espetáculo divertido e singelo, que mescla poesia com boas doses de humor e improvisação, além de aproveitar uma das grandes qualidades do ator: a sua capacidade de se relacionar com a plateia, trazendo o espectador literalmente para dentro da cena.

SERVIÇO

Bagagem, de Marcio Ballas

Teatro Eva Herz – Livraria Cultura do Conjunto Nacional – Avenida Paulista, 2073, Bela Vista.

Temporada: 11 de abril a 27 de junho

Às quintas-feiras, às 21h (no feriado do dia 20/6 a sessão acontece às 19h)
Ingressos: R$60 (inteira) e R$30 (meia-entrada).

Venda pelo site Ingresso Rápido (https://www.ingressorapido.com.br/).

Bilheteria: de terça a sábado, das 14h às 21h; e aos domingos e feriados, das 13h às 19h

Telefone: (11) 3170-4059

Classificação: 10 anos

Duração 60 minutos

Capacidade: 168 lugares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: