MACUMBA: UMA GIRA SOBRE PODER

Parte da programação da mostra Cena Sul, realizada pelo Sesc Belenzinho, o espetáculo “Macumba: Uma Gira Sobre Poder”, da paranaense Cia. Transitória, que será apresentado nos 12, 13 e 14 de abril, terá uma alteração no elenco. 

A atriz Flávia Imirene será substituída por Cleo Cavalcantty. Os ingressos custam até R$20 (com venda limitada a 4 ingressos por pessoa).

A peça escrita e dirigida por Fernanda Júlia encerra a programação da mostra.

A encenação é uma provocação sobre o que é o poder e como obtê-lo. É um espaço celebrativo e revelador de “afrografamento”. São peles escuramente acesas e memórias negras que precisam ser vistas na cena e fora dela.

A encenação é uma apresentação provocativa, celebrativa e reveladora sobre o empoderamento da mulher e do homem negro em prol da cultura afrobrasileira e sua pluralidade. 

Empoderar-se significa, além de ter acesso a todos os direitos de cidadania, conhecer a sua história, ter consciência da sua cultura e identidade.

O elenco é formado apenas pelos atores negros Cleo Cavalcantty, Gide Ferreira, Tatiana Dias e Thiago Inácio.

Sobre a Cia. Transitória

Criada em 2007, a Transitória é um núcleo de artistas com sede em Curitiba, no Paraná. A companhia desenvolve uma pesquisa artística continuada e tem como princípio de trabalho a proposição de parcerias com profissionais da área para a troca de experiências, ideias, conceitos e práticas relacionadas ao fazer teatral. O principal foco de pesquisa do grupo é o estudo, a exploração e a ocupação do espaço cênico, levando em conta as relações entre espaço/ator/espectador.

A pesquisa estende-se também para a relação com o espaço (mundo) interno e externo; alerta máximo para a compreensão da ação; valorização do corpo como ferramenta tão importante quanto o espaço na aventura do intérprete; a importância do não saber para criar, do caos para organizar e a importância da atitude permanente de jogo são alguns temas perseguidos por todos num clima de mútua provocação.

Outros espetáculos do grupo são “Para Poe”, “Eu Nunca”, “Ela I Eu ou Nada que Transpareça”, “Elizaveta Bam”, “Só Isso”, “A Geladeira” e “Óquei”.

SERVIÇO

Macumba: Uma Gira Sobre Poder, da Cia. Transitória (Paraná)

Sinopse: Por meio de um espetáculo afrografado e afro centrado, a Companhia Transitória convida a todas e todos para uma reflexão e uma provocação: o que é poder?  Como se tem poder? É um espaço de afrografamento de poéticas cênicas e de discurso artístico, um espetáculo celebrativo e revelador. Peles escuramente acesas e memórias negras que precisam se ver e serem vistas na cena e fora dela.

Quando: 12, 13 e 14 de abril. Sexta e sábado, às 21h30; e domingo, às 18h30.
Local: Sala de Espetáculos I.
Classificação etária: 12 anos.
Duração: 75 minutos.

Venda de ingressos disponível a partir de 2 de abril, às 12h, pelo portal Sesc SP (www.sescsp.org.br) e nas bilheterias das unidades do Sesc a partir de 3 de abril, às 17h30. Limite de 4 ingressos por pessoa.

CENA SUL

Quando: 15 de março a 14 de abril de 2019. Sextas e sábados, 21h30. Domingos, 18h30

Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$ 6,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).Venda de ingressos no Portal Sesc SP (www.sescsp.org.br) e unidades. Limite de quatro ingressos por pessoa.

SESC BELENZINHO
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional. Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não matriculado). 

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m) 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: