Como as pessoas podem ser tão diferentes…

Por Ruiz

Essa semana eu estava conversando com uma amiga que estava se queixando da magreza dela. Ué? Acho que 10 entre 10 mulheres se acham acima do peso.

No caso dessa amiga, realmente ela tem um corpo ótimo. 49kg distribuídos em 1,60 de altura. Poderia estar na capa de qualquer revista, mas se queixa de ser magra demais. Me disse até que estava tomando alguma medicação pra ficar mais corpulenta.

Do mesmo modo que a garota que tem cabelos muito lisos, quer encaracolar – e quem tem cabelos encaracolados faz uma ‘chapinha’ para ir naquela festa. E as cores de cabelo? Parece que aqui pelo menos existe uma concordância: Quase todas querem ter os cabelos claros. Mas há aquela loira ou ruiva que pinta os cabelos de preto.

Vi uma mulher na TV reclamando de seus 1,90 de altura, que ela tinha dificuldade de arrumar namorado ou que todas as calças ficavam ‘pula-brejo’. Também vi no National Geographic, uma operação que as russas fazem nas pernas, criando fraturas dolorosas e ficando meses de cama, para ganhar 3 ou 4 cm de altura. E ainda ficam cicatrizes nas pernas!

Não querem ter uma única manchinha na pele. Todas as pobrezinhas que aparecem são besuntadas de base e outros falsetes da cosmética moderna. Mas fazem tatuagens definitivas, cada vez maiores e mais coloridas.

E me lembro que minha mãe dizia que na ‘época de mocinha dela’, era muito feio ser magra. A mulher tinha que ser gordinha pra ser querida. Minha mãe era praticamente a Olívia Palito, e tomava remédios para engordar, quando tinha lá seus 20 anos. E não faz taaanto tempo assim. Foi no final dos anos 60.

Somos mesmo contraditórios. E essa deliciosa contradição é que torna as pessoas interessantes!

Beijos,
Ruiz

42 thoughts on “Como as pessoas podem ser tão diferentes…

  • outubro 26, 2011 em 8:42 pm
    Permalink

    Somos seres muito complexos mesmo. Acho que vale aquela máxima: a grama do vizinho é sempre mais verde!

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:01 pm
      Permalink

      Oi Camila,

      Realmente… Sempre a grama do vizinho é mais verde! Mas a gente precisa aprender a ver a cor da nossa grama também…

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:02 pm
      Permalink

      Oi Thá!

      Respeito é tudo. Mas acho que antes de respeitar o próximo, temos que aprender a respeitar nós mesmos!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 26, 2011 em 11:01 pm
    Permalink

    Adorei o texto. Comentava sobre isso com uma amiga.
    Mas como diz a Ratinha Angelina Ballerina: Se fossemos todos iguais seria muito chato!
    By discovery kids
    kkkk
    beijos

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:03 pm
      Permalink

      É… as mulheres são eternas insatisfeitas!
      E acho que isso torna elas melhores.
      Beijos,
      Ruiz

      Resposta
  • outubro 26, 2011 em 11:40 pm
    Permalink

    Sei não em que época foi esta de mulheres gordinhas… talvez no Renascimento Italiano, pq depois que Chanel disse que “nenhuma mulher é magra demais ou rica demais”, todas as mulheres ficaram pelo menos 3 kg acima do peso (não importa qto pesem).
    Beijos 1000 e uma noite maravilhosa para vc.

    http://www.gosto-disto.com

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:06 pm
      Permalink

      Hi Betty!

      Sabe que eu acho que não? Depende muito de cada sociedade… Em alguns países da África, os maridos querem que as esposas engordem o máximo que puderem. Lá isso é um sinal de prosperidade.

      Vai entender… 🙂

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 12:47 am
    Permalink

    Bacana demais o texto. É a realidade pura.
    Nunca estamos satisfeitos com o que temos.
    O ser humano é assim. Insatisfeito por natureza!
    Mas se não fosse assim, que razão teria para as pessoas buscarem cada vez mais melhorias para si, não é mesmo?
    E consequentemente se tornarem mais felizes e muitas vezes pessoas melhores!
    E dessa maneira a vida caminha!…

    Primeira vez por aqui.
    Gostei e to seguindo!
    Passa no meu tb!

    Beijoca!
    http://viivabeleza.blogspot.com

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:08 pm
      Permalink

      Oi Nandinha,

      Obrigado pela visita e pelo carinho!
      Vou dar uma passadinha por lá!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:09 pm
      Permalink

      Oi Carol,

      Você e todas as leitoras do Blog! 😀
      Eu que sou menino também queria perder uns quilinhos. Mas é por causa da saúde!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 4:07 am
    Permalink

    A verdade é que a gente nunca está satisfeita, né?! Se tem cabelo liso, faz cachos. Se tem cachos, usa chapinha… E por aí vai hahaha… Mas diz p/ tua amiga parar de querer engordar gente!!!!!!!!

    Beijão!

    http://seguindotendencias.blogspot.com

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:15 pm
      Permalink

      Pois é, Lidi…

      Falei pra ela que ela está ótima… Mas vai entender! Não acharia ruim se ela ganhasse uns 10 quilinhos!

      Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:16 pm
      Permalink

      Pois é, Lidi…

      Falei pra ela que ela está ótima… Mas vai entender! Não acharia ruim se ela ganhasse uns 10 quilinhos!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 8:11 am
    Permalink

    É verdade! Nunca estamos e nem ficaremos satisfeitos!
    Beijos!!

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:17 pm
      Permalink

      É Yuki,

      Mas a gente tem que levar de boa, não? Não pode ficar encanada com essas coisas!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 10:02 am
    Permalink

    A verdade é que ninguém está contente com o seu próprio corpo,…
    umas querem seios, outras não,
    magra demais, alta demais, gordinhas, etc…

    mas a diversidade é isso, cada um diferente de cada um.
    beijos e bom dia

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:18 pm
      Permalink

      É isso aí, Andy!

      Abraço,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 12:06 pm
    Permalink

    As mulheres ou, talvez, as pessoas em geral, não estão satisfeitas com o peso, altura, cor ou tipo de cabelo, cor dos olhos, da pele… enfim. E sabe q isso é mto pq a mídia bombardeira o q é belo todos os dias. E a pessoa se desespera querendo encontrar algo q só o photoshop cria.

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:20 pm
      Permalink

      Oi Ana,

      É verdade. Acho que o Photoshop é uma coisa péssima. A gente vê bebês recém nascidos sorrindo nas capas de revista. Acho que o pessoal está exagerando (tipo Suzana Vieira, etc…) 🙂
      Mas acho que a beleza real é a beleza natural.

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 1:26 pm
    Permalink

    ACHO QUE CADA UM TEM QUE SER FELIZ CONSIGO MESMO… E NÃO SE IMPORTAR COM MAIS NADA….A SOCIEDADE IMPOE REGRAS QUE NÃO DEVERIAM SER CUMPRIDAS ;P

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:21 pm
      Permalink

      Oi Karine!

      Você disse tudo! A regra de beleza que deve valer é a nossa regra de beleza!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 6:42 pm
    Permalink

    Oi!!!

    É bem verdade!!!! Sempre queremos mudar algo e a satisfação é sempre o oposto para algumas pessoas…

    Bjs!

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:24 pm
      Permalink

      Oi Quel,

      Mudar faz bem, não? Eu não gosto muito da rotina… Mas a gente tem que mudar porque faz bem pra gente, não porque temos que agradar alguém ou ser de um determinado padrão.

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 27, 2011 em 10:33 pm
    Permalink

    Nossa verdade, deveríamos valorizar mais nossas qualidades, o que temos neh.

    beijos.

    Resposta
    • outubro 27, 2011 em 11:26 pm
      Permalink

      Oi Sté!

      Tenho uma amiga que diz que não temos nada na vida. Só nosso corpo, nossas idéias e as nossas experiências. O resto todo é transitório.

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 28, 2011 em 3:14 am
    Permalink

    ningues nunca está 100% satisfeito com o que tem…. seja homem ou mulher, eh impressionante!
    bjs

    Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:10 am
      Permalink

      Pois é, Camille…

      Os humanos são eternos insatisfeitos. Dizem que quando a gente se sente satisfeito com algo, nos acomodamos. E isso é muito perigoso!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 28, 2011 em 6:27 pm
    Permalink

    Oi querido,boa tarde!
    Nós do blog Coisas de Mulher viemos aqui lhe desejar um ótimo fim de semana,repleto de momentos bons e grandes alegrias.Que você possa curtir cada instante para que na próxima semana possa começar com o pé direito e ter grandes realizações.Um mega abraço de toda a nossa Equipe!
    Frase para reflexão:
    “Se Deus te negar o que você mais deseja, não é porque ele seja ruim, mas sim porque ele tem algo melhor pra você.”
    Bjus
    Day e Nanda
    Coisas de Mulher
    http://coisasdemulher21.blogspot.com/

    Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:12 am
      Permalink

      Olá Meninas,

      …e não é que meu final de semana foi bom? 🙂 Acho que foi a energia que vocês passaram pra mim!

      Gostei da frase que deixou! Me lembrou daquela “temos que abrir mão das coisas, para que Deus possa lhe dar algo novo”.

      Beijos e obrigado pelo carinho!

      Ruiz

      Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:13 am
      Permalink

      Oi Jani!

      Sempre prestigiando a gente! Obrigado!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:21 am
      Permalink

      Oi Teca,

      Obrigado pelo carinho!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 30, 2011 em 4:22 pm
    Permalink

    De fato, é isso que torna as pessoas interessantes …
    Seria um pouco entediante se todos fossemos iguais e previsíveis 😀

    :*
    @viihrs
    @SubindoNoSalto
    subindonosalto.com

    Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:23 am
      Permalink

      É… a diversidade faz toda a diferença!
      Talvez seja por isso que eu gosto de ir em lugares diferentes, experimentar coisas novas!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 31, 2011 em 11:08 am
    Permalink

    Olá, Ruiz!

    Sou responsável pelo conteúdo do portal Personare (www.personare.com.br). Lançamos o livro “Para que o amor aconteça”, criado a partir de histórias reais: http://www.personare.com.br/para-que-o-amor-aconteca/livro. Gostaria de mandar um exemplar para você, poderia me passar seu endereço pelo e-mail conteúdo@personare.com.br?

    Obrigada,
    Daniele.

    Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:26 am
      Permalink

      Olá Daniele,

      Obrigado pelo contato! Enviei há pouco um e-mail para você.

      Abraço,

      Ruiz

      Resposta
  • outubro 31, 2011 em 1:49 pm
    Permalink

    Oie!
    Realmente mla dá pra acreditar que o que é feio hoje poderá ser a tendência de amanhã.
    Mais sabe que hoje acho que temos o 8 e o 80 caminhando juntos.
    Enquanto temos muitos neuroticos com tendência e etc. Também tem muitos, daqueles que se libertaram, sou assim e ponto.
    Devo estar no meio termo… Ou não! num sei…. kkkkkkk
    Obrigado pela visita!
    Beijos.
    Thalita
    http://www.terapiafeminina.blogspot.com

    Resposta
    • novembro 1, 2011 em 3:31 am
      Permalink

      Thalita,

      Esses dias eu estava vendo fotos do “Restart” esses dias e imaginei que daqui a 10 ou 20 anos vamos olhar essas fotos e dar muita risada de como éramos bobos.

      Vejo fotos dos meus avós e sinto um pouco disso… os homens usavam roupas xadrez coladas e bigodes com bolinhas na pontas. Urgh!

      Acho que a gente tem que ser do jeito que nos sentimos bem!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: