Por que a grama do vizinho é sempre mais verde?

Por Ruiz

Essa é a pergunta que intriga tantas pessoas! Eu a recebi de uma querida leitora e não é a primeira vez que alguém me pergunta isso. É algo tão comum, que já é até um conhecido dito popular.

Para iniciar a minha filosófica explicação, vou contar uma passagem que aconteceu recentemente comigo. Estávamos no almoçando e passou uma moça, digamos, não tão abençoada pelos anjos da beleza. Todos os homens ficaram acompanhando ela passar, como se fosse a última mulher do mundo.

A massacrante felicidade dos outros...

Logo um dos meus amigos disse que provavelmente nossas namoradas ou esposas são muito mais bonitas do que a fulana que passou, mas lá estava meia dúzia de tontos olhando a moça passar. Claro que o estagiário soltou uma pérola que já está no nosso querido besteirário: “A gente pode comer filé mignon todos os dias. Vai sempre chegar o dia que a gente vai querer variar, querer uma linguiça por exemplo”. Que fique claro que não fui eu, ok?

O ser humano é um eterno insatisfeito. Me lembro quando eu recebi meu primeiro salário e me senti o homem mais rico do mundo. Dois meses depois achava que merecia um aumento. Depois recebi um aumento e já achava que merecia outro. E assim por diante. Você não conhece alguém que diz “Puxa, esse carro é o meu objetivo de vida”. Até que sai uma versão mais potente, com um design inovador. E somos assim para tudo.

Claro que não podemos tratar as pessoas como objetos, e longe disso eu querer estar sugerindo isso. Se acham que esse é um comportamento típico dos homens, procurem se lembrar de quantas amigas você tem que reclama do marido e elogia o cara bonitão da loja. A mulher costuma ser mais romântica, e o homem mais caçador. Por isso eu acho, acredito, insisto e acho que a regra não confirma a exceção: Não se encontra um bom partido na balada. Quem está lá é para pegar o máximo de mulheres que conseguir. Se você está indo na noitada querendo encontrar o príncipe encantado, é como mergulhar no Rio Tietê para encontrar peixes (na cidade de São Paulo, é claro!).

E é assim mesmo… Por mais linda, maquiada, exuberante e arrasadora que estiver em uma festa, tenha a certeza que seu companheira vai dar uma olhadela no decote ou no racho do vestido daquela moça que você nunca foi muito com a cara! Leve na esportiva… pelo menos se for uma olhadela sem grandes pretensões.

Se começar a elogiar muito, comparar… aí a coisa fica preta e é um bom argumento para começar uma temida DR.

Beijos de chocolate!
Ruiz

20 thoughts on “Por que a grama do vizinho é sempre mais verde?

  • abril 11, 2012 em 1:01 am
    Permalink

    Oi!!!

    As pessoas tem que aprenderem a olhar p/ si e suas capacidades e não ficar de olho nos que outros tem…

    Bjs!

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:34 pm
      Permalink

      Olá Patrícia!

      Demorei para responder, mas estou aqui!
      Concordo totalmente com você, mas acho que é algo tão normal do ser humano… Infelizmente é assim.

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:35 pm
      Permalink

      É isso aí, Simone!

      Bem que a gente se controla, mas acaba sendo assim… nem que seja lá no íntimo da gente!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • abril 11, 2012 em 5:57 am
    Permalink

    Concordo plenamente.
    O ser humano tem tendência a ser insatisfeito, em sempre querer o que é do outro e achar que sempre existe algo melhor do que o possui.
    Mas acho que devemos trabalhar isso com a gente. Essa insatisfação constante só faz mal.
    Nos tornamos frustrados e pessimistas, e ngm pode ser feliz assim!

    Beijo grande!
    viivabeleza.blogspot.com

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:36 pm
      Permalink

      Oi Fê,

      Conheço pessoas que ficam infelizes por conta de querer aqui que não têm. Aí acho mesmo muito perigoso.

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • abril 11, 2012 em 2:33 pm
    Permalink

    Na espera por um dia em que todos sejam felizes com o que tem rs

    Beijos, adorei sua filosofada!

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:37 pm
      Permalink

      Olá Amanda,

      Obrigado pela visita!
      Eu tento mesmo ser feliz com o que tenho (e não triste pelas coisas que não tenho!)

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • abril 11, 2012 em 6:45 pm
    Permalink

    Gostei muito da frase sobre encontrar marido na balada. Acho que só este item já vale um post e tanto.
    Todo mundo é insatisfeito e o hj, de certa maneira, toco neste assunto no Grande Blog X Blog Grande, pois quem se acha o maior está sempre com um pé na inferioridade, pois sempre tem alguém melhor e maior do que vc.
    Adorei o post.
    Beijos 1000 e um meio de semana maravilhoso para vc.

    http://www.gosto-disto.com

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:38 pm
      Permalink

      Olá Betty,

      Obrigado pelo carinho! Vou escrever em breve sobre a sua dica!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:39 pm
      Permalink

      Oi Sté,

      Obrigado pela visita!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • abril 11, 2012 em 8:35 pm
    Permalink

    Nunca estamos satisfeitos com nada, o pior é quando não estamos satisfeitos e começamos a invejar o outro, acho que a situação fica bem pior.
    Devemos agradecer a Deus pelo que temos, e se quisermos ter algo mais, temos que nos esforçarmos e correr atrás, que nada vem de mão beijada.

    bjOos

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:40 pm
      Permalink

      Oi Camila,

      Obrigado pelo carinho!
      Acho que a inveja não é de todo ruim – desde que usemos ela para conseguirmos coisas pelo nosso próprio esforço!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • abril 11, 2012 em 9:02 pm
    Permalink

    Fui eu quem dei a dica do post no facebook. Poxa que legal ver esse tema abordado aqui! Muito obrigada por passar o lado masculino do assunto.

    Bjs!

    Ari

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:42 pm
      Permalink

      Oi Ariana!

      Super obrigado pela dica de post! Espero ter ajudado de alguma forma e que tenha gostado do que escrevi.

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:44 pm
      Permalink

      Obrigado pelo carinho, Cecilia!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta
  • abril 11, 2012 em 11:28 pm
    Permalink

    Acho que tudo daquilo que você quer enxergar. As vezes a outra deu um duro danado para conseguir algo de melhor, mas pra você veio de mão beijada.
    Beijinhos…

    Resposta
    • abril 17, 2012 em 10:46 pm
      Permalink

      Oi Vanessa,

      Gostei da sua visão, que talvez a nossa grama possa ser mais verde, na visão de outras pessoas – ainda que a gente não perceba!

      Beijos,

      Ruiz

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: