Cinema: Assassin’s Creed

A pré-estreia de Assassin’s Creed aconteceu ontem no Cinépolis do JK Iguatemi e meu amigo Andy me convidou pra acompanhá-lo, não pensei duas vezes e lá fomos nós.

Confesso que não sabia nada sobre o game, mas me surpreendi pelo filme, que vai contra as típicas histórias de super heróis, que nesse caso são assassinos. Isso mesmo!

O filme

Eles são parte de uma Ordem, o Credo (“Creed” no nome), seguindo um código de conduta bastante parecido com a Lei de Thelema, do bruxo ocultista Aleister Crawley. Onde os vilões falam de paz como sinônimo de obediência máxima se apresentam interessados em extinguir o “livre-arbítrio” do mundo.

Já os heróis assassinos sabem que a violência é condição da natureza humana, e consequência quase necessária do livre-arbítrio, e por isso sua Ordem luta há séculos contra a dos templários pela defesa do livre-arbítrio – representado na relíquia da Maçã do Éden, artefato contendo a semente da primeira desobediência contra a ordem divina e que fez a humanidade como ela é hoje.

O filme nos brinca com ótimas atuações de Jeremy Irons e Marion Cotillard, além do papel principal vivido por Michael Fassbender. As sequências de ação e os planos aéreos vertiginosos são bem legais, assistindo em um cinema com recurso IMAX então, isso se potencializa.

A trilha sonora também foi muito bem escolhida e nos coloca dentro da história, que mostra muitos elementos épicos e a intercalação entre o passado e o presente. Para quem gosta de uma boa aventura, posso garantir que não vai se arrepender.

O filme entra em cartaz amanhã, 12 de janeiro e promete levar muita gente pra frente da telona. Quem vai querer conferir?

Bjux/Paula Freitas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: